RSS

Luan Santana: o atraso e o Bullying Virtual

02 ago

Luan Santana anunciou que vai doar todo o cachê do Maior Show do Mundo, na Ilha do Retiro, para uma instituição de caridade do Recife. Estamos falando do segundo maior cachê da música brasileira nos dias de hoje. Só perde para Ivete Sangalo, que fechou a noite do festival pernambucano já na madrugada de domingo. Também esteve por lá Thiaguinho,numa de suas últimas despedidas do Exaltasamba, e aBanda Eva. O jovem prodígio das rádios nacionais, que emplaca um hit atrás do outro, atrasou em mais de duas horas seu espetáculo, segundo ele por problemas técnicos no avião. Dali em diante, o que não faltou foi lavação de roupa suja.

Segundo o jornalista Eduardo Sena, Luan Santana foi “covarde e imaturo” por subir ao palco e não ter pedido desculpas ao público pelo atraso, tocando por cerca de 45 minutos como um “menino robotizado”. Só quando Ivete o chamou para cantar com ela é que Luan lamentou o episódio. Outros veículos de comunicação, como R7 e jornais Extra e O Dia, seguiram a mesma toada de criticá-lo.

Ontem, enquanto Luan Santana realizava outro show em Itabaiana (SE), fãs revoltados reclamavam do atraso do ídolo e uma frase do empresário Augusto Acioli, que organizou o Maior Show do Mundo, ajudava a esquentar o clima: “A pior coisa no meu trabalho é ter que, às vezes, trabalhar com artista irresponsável.” Foi o bastante para ele começar a sofrer ataques dos fãs de Luan (que nada comentam sobre o episódio na comunidade do Orkut). No melhor estilo paguei-tenho-direito, Acioli retrucou um fã que cobrou dele:


AugustoAcioli Augusto Acioli

O cara que pagou o cachê dele… RT @LSantanaMeuAr: Alguém me fale quem @AugustoAcioli acha que é, pra ficar falando isso do @luansantana?

E assim Acioli passou a experimentar a sensação de sofrer bullying virtual. Não é a primeira, nem a última vez, que estrelas da música brasileira viram alvo de trocas de acusações entre fãs e a imprensa na rede e fora dela. Paula Fernandes, recentemente, foi acusada de não participar de uma homenagem com crianças em Primavera do Leste (MT). Até o prefeito postou no site oficial uma carta considerando a cantora sertaneja “persona non-grata” da cidade. Os fãs saíram em defesa dela. E ai daquele que apontasse qualquer defeito dela (e dele, agora, com Luan), como fizeram alguns jornalistas.

Falta agora @AugustoAcioli anunciar quanto foi o cachê de Luan e se, de fato, esse dinheiro vai ser mesmo doado para uma instituição de caridade. Se fizer isso, estará prestando um bem à música brasileira, que é exuberante e criativa, mas pouco transparente. Esses números de cachês de artistas são segredos de Estado, ninguém os conhece a não ser as partes envolvidas e, supostamente, o Ecad, que, aliás, havia entrado com uma ação contra o empresário Acioli para cancelar o Maior Show do Mundo. O problema giraria em torno de um acordo sobre os direitos de divulgação das músicas que seriam tocadas no festival. De acordo com ele, a organização do evento pagou 16 mil reais em 2010 pelos direitos autorais e nesta edição a fatura cobrada pelo Ecad subiria para 120 mil reais – um aumento de 650%.

Fonte: Farofafá

 
 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: